quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Lendas urbanas brasileiras

Você já ouviu falar de alguma lenda urbana? Gostaria de saber quais são as mais famosas e conhecidas do Brasil? Quem de nós nunca acreditou naquelas lendas que ouvimos quando éramos crianças? Há quem ainda acredite em algumas lendas até hoje, mas geralmente é na infância que elas ficam marcadas. Seja na escola, seja na casa de praia com os primos, seja onde for, sempre existiam histórias para nos amedrontar. Não sei qual o objetivo disto, mas certamente deve ter sido algo inventado pelos “adultos” para eles se divertirem um pouco, rindo da cara dos pobres ingênuos que acreditavam naquilo que lhe contassem. Essas lendas, ironicamente e metaforicamente, só comprovam a tese de que a comunicação entre os povos é fundamental para manter as culturas e adaptá-las ao novo mundo. Certamente as lendas não foram instaladas na sociedade por terem saído algumas vezes na mídia, por exemplo, mas sim pelo fato de as pessoas terem trocado conhecimentos e terem passado esse conhecimento de geração para geração, criando, assim, novos preceitos e novas visões.

A Loira do Banheiro (ou a Mulher de Algodão, ou ainda a Big Loira)
Essa é sem dúvida a lenda mais conhecida da lista, já tinha ouvido diversas versões diferentes em diversos estados diferentes (já morei em Minas Gerais, São Paulo, Alagoas, Bahia e Espirito Santo, sou cigano mesmo rsrsr...) dessa mesma lenda, mas no final, a base era quase sempre a mesma. Uma aluna (algumas vezes uma professora) loira e muito bonita que aparece nos banheiros dos colégios assustando os estudantes que matam aula. Uma constate em todas as versões é o algodão, a Loira está sempre envolta nele, ou com ele saindo de suas feridas, olhos e ouvidos. Algumas versões a retratam como um professora que foi assassinada por alunos revoltados, que não satisfeitos, a torturaram fazendo cortes profundos em sua pele e enfiando algodão nas feridas. Em outras versões ela é uma aluna que morreu no banheiro da escola enquanto matava aula (às vezes devido a um escorregão que terminava com sua cabeça na privado, outras vezes ela morria sufocada com um mau cheiro que saía do ralo, bizarro mesmo!), após sua morte, seu espirito passou a ficar vagando pelos banheiros assustando os alunos que matam aula como ela fazia, nesse caso o algodão é referente aos tufos que os médicos enfiam no nariz, boca e ouvidos dos mortos por conta das secreções post mortem. Há ainda quem diga que pode-se invocar a Loira do Banheiro dando descarga três vezes, depois chutando o vaso uma vez e por fim virando-se rapidamente para o espelho.

A brincadeira do copo
Junto com a Loira do Banheiro, essa é outra das mais famosas, até porque muitos dos que estão lendo isso agora já devem ter "brincado" de invocar espíritos com um copo alguma vez durante sua adolescência. A lenda em torno dela (fora a própria efetividade da brincadeira) é a de um grupo de amigos que resolveu fazer a famigerada brincadeira durante uma festa, um deles era descrente e só de sacanagem resolveu perguntar se alguém naquela mesa iria morrer recentemente, a resposta foi sim e logo em seguida o copo (em algumas versões ele é substituído por uma lapiseira) se estilhaça na frente de todos. Algum tempo depois, eles ficam sabendo que o rapaz cético que não "respeitou” o espírito havia morrido num acidente de carro.

O Homem do Saco
Derivada dos mendigos que permeiam todas as cidades, essa lenda é usada pelas mães para assustar os meninos malcriados que saem para brincar sozinhos na rua. De acordo com ela, um velho malvestido, e com um enorme saco de pano nas costas, anda pela cidade levando embora as crianças que fazem "arte". Em algumas versões, o velho é retratado realmente como um mendigo, outras ainda o apresentam como um cigano; creio que isso dependa da região do país onde ela é contada. Há ainda versões mais detalhadas (entendam como cruéis) em que o velho (mendigo ou cigano) leva a criança para sua casa e lá faz sabonetes e botões com elas.

O Bebê Diabo
Essa lenda foi popularizada pelo famoso (e extinto) jornal NP (Notícias Populares) que circulou por 20 anos no Brasil e criou diversas das lendas urbanas que conhecemos, dentre elas está a do Bebê Diabo. Segundo o jornal ele era um bebê que nasceu com chifres, cascos e rabo e, de acordo com a mãe da criança, o próprio capeta era o pai. Provavelmente ele não passava de um criança que nasceu com algum defeito genético, mas como "bebês satânicos" vendem mais que "crianças deformadas", ele acabou ganhando esse estigma.

A Mulher da Estrada
Essa também é muito conhecida, seu surgimento ocorreu em meados dos anos 50/60 devido ao grande crescimento de rodovias que se deu nesses anos. Na maioria das vezes, a lenda fala de uma mulher loira (que pode ser trocada por uma índia ou prostituta) que fica na beira da estrada pedindo carona para os motoristas que passam, quando um resolve parar (muitas vezes caminhoneiros) ela conduz a pessoa até um cemitério próximo, chegando lá a bela mulher desaparece deixando o motorista sem entender nada, logo depois ele a reconhece na foto de uma das lápides. Em outras versões ela simplesmente desaparece dentro do próprio veículo, depois o motorista descobre pelos moradores das redondezas que a moça havia sido atropelada há muitos anos naquela mesma estrada. Algumas vezes, antes de desaparecer, o espírito da mulher pede ao motorista que ele construa uma capela no lugar onde ele a encontrou para que assim ela possa finalmente descansar em paz. Há ainda versões em que ela se deita com o motorista que quando acorda no dia seguinte descobre que ela simplesmente desapareceu sem deixar vestígios de sua existência. Uma versão mais sangrenta diz que a loira, antes de desaparecer, seduz o motorista que quando tenta beijá-la, acaba perdendo a língua.
Outras versões dessa lenda se passam em cidades grandes e são protagonizadas por motoristas de táxi, nelas o taxista recebe uma passageira muito bela e jovem, ela pede uma corrida até um cemitério qualquer da região, chegando lá ela dá ao motorista o endereço de sua casa e diz que lá ele irá receber seu pagamento, no dia seguinte, quando o motorista vai receber o dinheiro, o pai da menina lhe diz que é impossível sua filha ter feito essa corrida, afinal, ela havia morrido há muitos anos. O taxista, sem entender nada, fica ainda mais confuso ao reconhecer numa foto a menina que ele conduziu no dia anterior.


Os bonecos malditos
Essa história tem várias versões, alguns dizem que a boneca da Xuxa era amaldiçoada e que à noite ela ganhava vida e matava as criancinhas (há também quem diga que ao invés de matar as crianças, a boneca fazia com que elas matassem seus pais). Outros dizem que o boneco do Fofão vinha com uma adaga (ou uma vela negra, ou ainda um revólver) dentro dele.
Algumas versões mais estendidas diziam que esses bonecos eram fabricados por uma seita satânica e que essa seita os "carregava" com energias “demoníacas” para levar as crianças para o "mal". Foram tantas versões sobre o assunto que chegaram a chamar os inocentes brinquedos de Caixas de Pandora.

A Kombi (ou gangue) do Palhaço
Essa é uma das que mais me assusta (tenho um baita medo de palhaço devido a um trauma de infância que depois eu conto). Ela foi bem difundida em meados dos anos 90. Grande parte de sua fama deriva do supra citado Notícias Populares, de acordo com ele, uma gangue de palhaços (que às vezes tinham também uma bailarina entre eles) rondava os grandes centros numa Kombi branca, parando nas praças onde apresentavam seu show; no meio da bagunça eles raptavam as crianças. Seus fins eram dos mais diversos: seqüestro, tráfico de órgãos e prostituição são somente algumas das suposições. Uma outra versão ainda diz que não era uma gangue e sim um único palhaço que raptava as crianças com o intuito unicamente de matar, como um serial killer mesmo.

O Cadáver nas Garrafas de Coca-Cola (ou na Caixa D’água)
Essa é bem famosa e eu cheguei a ouví-la da minha própria mãe (mas na versão dela aconteceu lá em Porto Seguro - BA, minha terra natal, e, ao invés de um homem, era um burro). De acordo com a lenda, um funcionário da Coca-Cola teria sofrido um infarto enquanto operava um dos tanques de refrigerante, seu corpo teria caído dentro do tanque, que, de tão fundo, ninguém via o corpo mergulhado na Coca-Cola. Ele teria ficado lá por dias se decompondo e sendo engarrafado. Essa lenda foi tão forte que em seu ápice ela chegou a diminuir as vendas da Coca-Cola em todo território tupiniquim. Uma variação dessa lenda (a que eu ouvi) acontece na maior caixa-d’água de uma cidade pequena, água essa que supria a cidade inteira.

Bloddy Mary (A Bruxa do Espelho)
Em 1978, o especialista em folclores, Janet Langlois, publicou nos Estados Unidos uma lenda que até hoje aterroriza os jovens do mundo inteiro, principalmente da América. Trata-se de Bloody Mary, conhecida também como A Bruxa do Espelho, um espírito vingativo que surge quando uma jovem, envolta em seu cobertor, sussurra, à meia-noite, iluminado por velas. diante do espelho do banheiro, 13 vezes as palavras Bloody Mary. Segundo a lenda, o espírito de uma mulher cadavérica surge refletido no espelho e mata de forma sangrenta e violenta as pessoas que estão no banheiro. Há quem diga que Mary foi executada há cem anos atrás por praticar as artes negras, mas há também uma história mais recente envolvendo uma bela e extremamente vaidosa garota que, após um terrível acidente de carro, teve seu rosto completamente desfigurado. Sofrendo muito preconceito, principalmente de seus amigos e familiares, ela decidiu vender a alma Há um caso famoso de uma jovem nova-iorquina que dizia não acreditar na lenda, mas após realizar a "mórbida brincadeira", levou um tompo (é o que os familiares dizem), quebrou a bacia e foi encontrada em estado de coma. A jovem ainda vive nos EUA, mas sua identidade é um sigilo absoluto. ao diabo pela chance de se vingar dos jovens que cultivam a aparência.

Paul McCartney morreu em 1966 e foi substituído por um sósia.
Em 1966, logo após o lançamento de Revolver, os Beatles pararam de excursionar em virtude da dificuldade de tocar ao vivo os arranjos cada vez mais complexos e inusitados. Este fato aliado a um acidente de moto sem maiores consequências sofrido por Paul McCartney deu origem ao maior e mais duradouro boato de todos os tempos, o de que Paul McCartney havia morrido e sido substituído por um sósia.Centenas de matérias em jornais e mesmo livros foram lançados sustentando a morte de Paul. As pessoas que acreditavam nisto se baseavam em centenas de pistas que haveriam sido deixadas de propósito pelos três beatles restantes nas gravações e filmes posteriores da banda.

A masturbação faz crescer pêlos e cria calos nas mãos.
Esse mito é um dos mais antigos e até hoje muita gente acredita.Segundo a lenda masturbar faria crescer pelos e calos nas mãos .Existem ainda uma dezena de outros mitos relacionados a ela. Provavelmente foram inventados por pais preocupados com os filhos,porque antigamente (e ainda hoje)é considerado pecado a masturbação para algumas igrejas.Antes eles diziam que masturbar causava retardo mental,criava espinhas,e deixava a pessoa estéril.
Hoje já foram feitos estudos que comprovam que todos esses mitos não passavam de invenções.

Mulher de branco
No folclore brasileiro o mito é descrito como sendo a materialização de um fantasma de mulher que, aparentando ser real e de grande beleza física, seduz homens solitários e os convence a acompanhá-la até à sua casa. Invariavelmente seguem-na até às proximidades de um cemitério, por volta da meia-noite, quando então são informados ser ali a sua morada, desaparecendo em seguida.

O Monstro do Lago Ness
Historiógrafos consideram como primeiro relato sobre o Monstro do Lago Ness (o "Nessie") um documento de 565 d.C. sobre a morte de um homem que nadava no Rio Ness, Escócia (que, do norte do lago, vai desembocar no mar) em circunstâncias bizarras, "atacado por um monstro !".Segundo a mais famosa aparição em terra, descrita pelos Sr. e Sra. F.T.G. Spider, em 22 de julho de 1933, o animal teria entre 7 e 9 m de comprimento, cor cinza-escuro, corpo robusto, pescoço e cauda compridos, cabeça parecida com a de uma cobra com olhos grandes e ovalados.
A mais divulgada das fotografias, feita por R.K. Wilson, em 1934, acabou sendo uma fraude confessa publicamente em 1994, no entanto, os periódicos relatos de Nessie mantém viva sua fama e abrem um leque de especulações sobre sua existência.

Passageiro Fantasma
Certo dia, um motorista de táxi rodava pela avenida José Bonifácio em frente ao cemitério Santa Izabel quando uma linda jovem fez sinal .
Ele parou e ela pegou o táxi. Eles deram uma volta na cidade e ele a trouxe de volta para o cemitério. Na hora de pagar, ela mandou que ele fosse receber na casa dos seus pais. Deu-lhe o endereço completo.
No dia seguinte, ele foi cobrar o dinheiro.encontrou a casa, bateu, um senhor veio recebê-lo. Ele disse que viera cobrar o dinheiro pela corrida de táxi que sua filha havia feito.
O senhor ficou todo desconfiado e disse que sua filha não tinha saído à noite.
O susto maior do pai foi quando o taxista deu o nome da moça e disse como ela era e como estava vestida.
O pai disse que não era possível, que a sua filha tinha morrido já a alguns anos.
-Será que errei de casa, diz o motorista.
Então o motorista começou a ver algumas fotos que estavam na parede e disse:
- É aquela moça.
O motorista saiu perplexo, quase louco, sem saber o que tinha acontecido na noite anterior.

Xuxa Tem Pacto Com O Diabo
A rainha dos baixinhos começou sua escalada para a fama nos anos 80 e não faltaram teorias conspiratorias para explicar sua ascensão meteorica ate o estrelato. A mais celebre dizia que Xuxa teria feito um pacto com o demonio e, por isso, colocava mensagens satanicas subliminares em suas musicas. Um de seus maiores sucessos, "Doce Mel", diz no refrao: "doce, doce a vida e um doce". Se o disco for tocado no sentido anti horario, garantem os conspirologos, da para ouvir "sangue, sangue, sangue". Testemunhas da epoca juravam de pes juntos que viram Xuxa num centro de macumba em Niteroi (RJ), onde ela faziam seus pactos com o diabo. Não so isso: diziam que a boneca da Xuxa ganhava vida a noite e matava crianças incautas. Uma das historias mais malucas era a de que uma menina havia ganhado uma dessas bonecas e a mae so permitiu que ela abrisse o presente no dia seguinte, data do seu aniversario. Mas, quando o dia amanheceu, a mae encontrou sua filha morta na cama, com a boneca no colo e uma faca ao lado. Essa historia de arrepiar se passou com a boneca menor. Já a maior sufocava as crianças com suas longas pernas. Ha quem afirme que Xuxa vem de "oXUm" e "oXAlá". É por isso que a apresentadora costuma se refirir a Deus como "o cara lá de cima"...

Veja abaixo mais lendas, retiradas da Wikipedia.
- Os sanduíches do Mc Donalds seriam feitos de carne de minhoca (no Brasil, geralmente dizem ser da espécie minhocuçu).
- Samara, uma menina emo e gótica, que morreu em um arame farpado após um fazendeiro lhe negar ajuda, e que assombra os anti-góticos e anti-emos.
- Os esgotos das grandes cidades são habitados por crocodilos.
- Catarina II da Rússia teria transado com um cavalo.
- Portadores de Aids estariam colocando seringas contaminadas com o vírus sob assentos de cinema e ônibus como uma forma de vingança.
- Pessoas colocariam lâminas dentro de maçãs, em escorregadores e em outros locais apenas com o intuito de ferir outrém.
- Alguns ecologistas alegam a existência de um motor movido apenas por água, cuja descoberta não seria anunciada por conta de um acordo da indústria petrolífera.
- Elvis Presley foi abduzido.
- Jim Morrison não morreu.
- Coca-Cola é capaz de corroer dentes (este mito surgiu pelo fato de que essa substância contém ácidos).
- O Papai Noel é uma invenção da Coca-Cola (na verdade, a empresa foi responsável apenas pela consolidação da imagem pela qual ele é normalmente conhecido atualmente).
- A Aids teria sido uma criação em laboratório feita para exterminar os povos da África.
- A Aids seria uma doença transmitida dos macacos para os homens por meio de contato sexual.
- Um prego enferrujado transmite tétano (na verdade o que transmite tétano são as bactérias que podem ser encontradas em um prego que está abandonado em um local úmido).
- O porco-espinho é capaz de arremessar seus espinhos a distância.
- O elefante tem medo de que um rato possa entrar em sua tromba, não se sabe afinal se é em sua tromba, mas o bichinho realmente tem medo dos roedores conforme comprovado um um episódio dos Caçadores de Mitos.
- O vermelho enraivece os touros (eles enxergam em preto e branco e o que realmente enraivece é o movimento da capa).
- Se um pombo comer milho de pipoca pode acabar morrendo, pois em seu estômago o calor é suficiente para fazer o grão explodir.
- Arrancar um cabelo branco faz nascer vários no lugar.
- FUCK seria a sigla de Fornication Under the Consent of the King (fornicação sob consentimento do rei) e essas letras ficariam marcadas diante da porta do quarto do rei enquanto ele exercia seu direito à prima noctes (direito a tirar a virgindade de uma recém-casada).
- As canetas BIC Cristal seriam de origem extra-terrestre.
- O Teiú quando é envenenado pela cobra, come uma batata, fica curado e mata a cobra logo a seguir.
- Uma cabeça de frango empanada fora encontrada junto aos pedaços de frango em uma embalagem de McNuggets.
- 15:00 da tarde é a hora em que os anjos saem a rua, e as 03:00 da manhã é a hora em que os demônios saem para atormentar a vida dos humanos
- “Alumínio: Útil mas Mortal“. Esta lenda cita estudos fictícios da Universidade Federal do Paraná ligando o uso de panelas de alumínio a resíduos deixados no alimento. O texto também cita uma legislação italiana, que supostamente proíbe o uso de panelas de alumínio em restaurantes.
- Juntar 1.000.000 anéis de lata de refrigerante lhe dá o direito de trocar por uma cadeira de rodas (ninguém nunca viu um posto de troca desse tipo).
- Matar formigas provoca diarréia.
- Matar Sapo faz chover.
- Os casos clínicos de fisiologia II, que acabam por causar um forte distúrbio psicopatológico nos estudantes de medicina, vulgarmente chamado de síndrome do dexi keto.
- SuperKen, o único super-herói que realmente saiu dos quadrinhos para a vida real!
- Manga com leite é um veneno fatal
- Meg White é considerada um robô
- Garota do taxi; Ela passeia num taxi pela cidade todos os anos no mesmo dia (o de seu aniversário) e depois manda o taxista cobrar no endereço de seu pai. Mas o pobrezinho acaba voltando no prejuízo, pois a passageira era um fantasma.
- Há um Punhal virado pra baixo em cima de um símbolo demoníaco dentro da boneca da Xuxa; há quem diga que uma menina foi morta esfaqueada pela boneca.TODAS AS NOITES, A BONECA VAI NO CEMITÉRIO ENGOLIR OS RINS.
- Tem uma cruz indestrutível e amaldiçoada nas motos CG honda titan.
- Tem um revólver dentro do boneco Fofão
- Nunca se deve apagar a luz de um hospital (você ficará internado para o resto de sua vida)
- Um fio de nilon queimado nas 2 pontas faz você morrer com a cabeça e os pés queimados.
- O homem nunca foi a Lua.

2 comentários:

Clique na pagina 5 para visualizar outras posts /\